fbpx Skip to main content

Qual a diferença entre o benefício alimentação e benefício refeição?

É correto dizer que um dos grandes diferenciais de uma empresa, quando avaliada por potenciais talentos, são os benefícios. Conceder benefícios é a forma que a empresa tem de cuidar da saúde dos colaboradores, consequentemente retendo profissionais e se tornando referencial.

5 minutos de leitura.

mulher jovem no supermercado usando o benefício alimentação

A preocupação de uma empresa na qualidade dos colaboradores está completamente ligada ao crescimento da empresa. Uma vez que, as pessoas são um dos maiores pilares de uma empresa.

“Cuidar da saúde dos colaboradores é cuidar da saúde financeira e operacional da empresa também”

Entendendo o quão importante é cuidar das pessoas, o mercado de RH tem inovado cada vez mais na busca por benefícios eficientes. E dos benefícios que se destacam, temos o vale-transporte, benefício-alimentação e o benefício refeição. Mas quando se trata de alimentação e refeição, pela nomenclatura é fácil confundir um com o outro certo? Mas não se preocupe, preparamos nesse artigo tudo o que você precisa saber para tirar do papel os planos de dar aos colaboradores os melhores benefícios. Mas para entendermos mais do assunto, é preciso fazer uma pergunta importante:

Você conhece o programa de alimentação do trabalhador?

O PAT(Programa de Alimentação de Trabalhador) é uma iniciativa do governo criada em 1976 e regulamentada pelo Decreto n.º5,de 14 de janeiro de 199 qual tem como objetivo principal, dar foco e atenção às condições nutricionais e de saúde do trabalhador brasileiro de baixa renda. 

Nascido de um programa já existente, PNAN(Programa Nacional de Alimentação e Nutrição), o PAT fora motivado pelo resultado de pesquisas realizadas que apontaram em altos índices que trabalhadores de baixa renda são os principais atingidos por doenças crônicas não transmissíveis. 

Com isso, o programa nasceu para prevenir doenças relacionadas ao trabalho, garantindo o pilar de alimentação e promovendo a saúde dos trabalhadores.

Inicialmente a proposta do programa consistia em exigir que as empresas oferecessem refeições dentro de suas estruturas com refeitórios e cozinhas industriais apropriadas. Porém, na época de 1970 e até hoje, muitas mudanças ocorreram, exigindo do programa atualização para mais modalidades. Com isso, o PAT passou a aceitar que empresas fornecessem os valores (alimentação e refeição) aos trabalhadores para que tais decidissem como realizar suas refeições. Dando a eles autonomia para escolher a melhor forma de se alimentar com qualidade.

Com isso, eclodiu o empreendedorismo de empresas-convênio que nasceram com objetivo de apoiar as gestores de Rh na missão de gerir esses valores e distribuir de maneira apropriada. 

Qual a diferença entre o benefício alimentação e o benefício refeição?

 

Essa é uma dúvida comum. Porém, ambos os benefícios se diferenciam em usabilidade um do outro. Enquanto o benefício refeição tange apenas a realização de refeições prontas, o benefício alimentação atribui-se ao consumo de refeições não-prontas. Se ainda não ficou claro para você como diferenciar, não se preocupe, vamos esclarecer para você: 

Benefício Alimentação:

Com o benefício alimentação você oferece aos seus colaboradores a liberdade de escolher os itens da cesta básica mensal tradicional do colaborador, com produtos não-prontos. Seja em supermercados, açougues, mercearias e padarias credenciadas.  

Benefício Refeição:

Já com o benefício refeição seus colaboradores passam a ter em mãos a possibilidade de adaptar sua dieta à alimentação de qualidade. Utilizando o benefício para a realização de compra de refeições prontas a serem feitas em restaurantes, lanchonetes, padarias, fast-foods, cantinas e outros estabelecimentos do gênero.

Importante salientar aqui, que os benefícios devem ser utilizados adequadamente em redes credenciadas e não devem ser utilizado em substituição um ao outro. Uma vez, que possuem diferentes funcionalidades.

Como escolher o melhor benefício para os meus colaboradores?

 

Agora que você entende como funcionam os benefícios é hora de escolher o melhor benefício para seus colaboradores e é nesse momento que surge a dúvida: Qual escolher? A verdade é que a resposta vai variar de acordo as necessidades da sua empresa. Afinal, não existe “o melhor benefício empresarial”, mas sim o que se adequa melhor à necessidade dos seus colaboradores.

E pensando nisso, é importante que na hora de escolher os melhores fornecedores que busque por empresas que apoiem nesse processo de levar aos colaboradores muito mais do que um benefício, mas qualidade de vida, alimentação saudável e atendimento humanizado.

Conte com gente para te apoiar nessa missão!

Assine nossa newsletter e continue acompanhando o blog para mais conteúdos como esse. Ah, não deixe de nos seguir nas redes sociais também: Facebook | Linkedin | Instagram 

Até a próxima.

Conversa GRATUITA com especialista

Agende uma conversa com nosso consultor e se prepare para melhorar a performance da sua equipe!

Leave a Reply