fbpx Skip to main content

É comum as pessoas confundirem o setor de recursos humanos e o de gestão de pessoas de uma empresa. Porém, cada um deles possui aspectos distintos. 

Por isso, é importante entender qual o papel desses dois departamentos para o negócio, pois assim a instituição pode desenvolver um trabalho mais qualificado.

Para saber a diferença entre Recursos Humanos e Gestão de pessoas, entre outros assuntos relacionados, confira o artigo de hoje!

Recursos Humanos e Gestão de pessoas: qual a diferença?

Em suma, o que diferencia Recursos humanos e Gestão de pessoas são os processos desenvolvidos por eles.

O RH é responsável pela contratação de profissionais, administração de benefícios e salários, avaliações de desempenho, dentre outras tarefas. No geral, os colaboradores ligados a esse setor são contadores, assistentes sociais, advogados, psicólogos, médicos do trabalho etc.

Já a Gestão de pessoas procura focar na contribuição que cada trabalhador tem para a empresa, ou seja, tem o objetivo de ajudar essas pessoas a crescerem emocional e profissionalmente. Prioriza a participação, capacitação e desenvolvimento dos indivíduos, através de ações humanizadas.

Como fazer uma gestão de pessoas estratégica?

Primeiramente, é preciso alertar que grande parte dos negócios deixou de lado o termo “chefe”, graças à implantação de métodos estratégicos dentro do negócio. 

Assim, se antes havia uma pessoa autoritária e intolerante ditando as regras, hoje essa figura deu lugar a profissionais que são verdadeiros líderes, expressando um ar humanizado nas relações, ouvindo e dando feedbacks, debatendo soluções e valorizando o capital humano.

Ainda assim, algumas empresas utilizam o termo chefe para indicar o dono do negócio, porém, isso tem sido cada vez mais raro. 

Como aplicar a gestão de pessoas na empresa?

Saiba algumas maneiras de fazer essa tarefa com sucesso:

  • Desenvolva um plano de carreiras e salários, explicando a remuneração aos funcionários, assim como perspectivas de possíveis aumentos de salários.
  • Defina o papel de cada profissional, o fazendo se sentir útil e inserido dentro da empresa.
  • Invista em um bom clima organizacional, visando garantir um melhor rendimento do pessoal.
  • Valorize a autonomia dos contratados, dando oportunidade deles exporem suas ideias, comentários, sugestões e críticas.  
  • Incentive o crescimento dos trabalhadores, através de capacitações, objetivando o progresso de habilidades emocionais e técnicas.
  • Elabore uma gestão eficiente, começando pela formação adequada do gestor, que precisa estar capacitado para analisar os pontos a se melhorar nos funcionários e na empresa como um todo.

Modelos de gestão de pessoas e como funcionam:

Existem quatro modelos, saiba como funcionam.

Tradicional

Baseado em escala de autoridade, focado nos números. Os funcionários não possuem muita autonomia.

Gestão por competências

Busca a excelência dos colaboradores, por meio do desenvolvimento das habilidades técnicas (hard skills) e interpessoais (soft skills). O intuito é valorizar o potencial de cada um, no qual resultará em produtividade para o negócio.

Gestão por desempenho

Firma-se no estabelecimento de metas, ao mesmo tempo que favorece os talentos individuais. Entende que os funcionários trabalham por uma motivação, que os leva a alcançarem as metas propostas.

Misto

É uma junção dos demais modelos, onde o gestor aproveita diferentes maneiras de gerir a equipe.

Conclusão

Percebeu como é relevante explicar a diferença entre Recursos Humanos e Gestão de Pessoas? 

Como vimos, os Recursos Humanos e a Gestão de Pessoas são duas áreas que se complementam, e que quando trabalhadas unidas, podem trazer enormes vantagens para todos.

Pensando nisso, a MaxxCard desenvolve soluções pautadas na tecnologia, buscando atender as necessidades do seu negócio, desde um Portal RH cheio de facilidades até uma plataforma completa de gestão de benefícios. Conte conosco!

Leave a Reply